sexta-feira, 16 de julho de 2010

Sèrgio souza oliveira ( Mestre Nagô ).








Mestre Nagô pratica capoeira desde 1970. Atualmente reside e ministra aulas no Rio de Janeiro - RJ e é um dos responsáveis pela coordenação da Abadá-capoeira na Região Sudeste.

Sérgio Souza de Oliveira, mais conhecido na capoeira como Mestre Nagô, é um dos poucos mestres reconhecidos pela Abadá-capoeira. Original do Rio de Janeiro, Mestre Nagô iniciou a capoeira aos 14 anos de idade com amigos da vizinhança. Quando novo, rodas de rua eram abundantes na cidade do Rio de Janeiro e Mestre Nagô estava sempre pronto para jogar com os amigos.

Aos 17 anos, Mestre Nagô ouviu um amigo comentar sobre viajar o mundo com apresentações de capoeira, numa roda no Rio. Inspirado pela idéia de conhecer lugares inimagináveis, Mestre Nagô começou a ver a capoeira como algo além de somente uma defesa pessoal ou uma forma de lazer.A convite do mesmo amigo, Mestre Nagô foi a um batizado onde viu Mestre Camisa deslumbrar o público com sua habilidade. Instantaneamente ele sentiu ter encontrado seu lugar.

Em 1978, com 22 anos, Sérgio Oliveira de Souza começou a treinar com Mestre Camisa no Clube de Regatas Guanabara, no Rio de Janeiro, e logo passou a ser conhecido como Nagô.
No intervalo de dois meses, Mestre Nagô recebeu sua corda azul, graduação de aluno graduado, dada pelo Mestre Camisa, e logo ele decidiu seguir a capoeira como carreira. Deixou seu emprego e se tornou um profissional de capoeira em tempo integral.

Treinos, batizados, rodas de ruas com capoeiristas ilustres do Rio de Janeiro e apresentações pelo país tornaram-se prioridades nas agendas de Nagô, Camisa e dos alunos formados Cláudio Moreno, Arara e Mula.

Em 1982, Mestre Nagô fez sua primeira viagem para Montreal, Canadá, com Mestre Camisa Roxa e seu grupo Brasil Tropical, a primeira de muitas outras viagens com que Mestre Nagô havia sonhado.

Em 1984, Mestre Nagô recebeu a sua graduação de Mestrando.
Sua disciplina, seu caráter e a experiência e sabedoria adquiridas ao longo dos anos transformaram Nagô em um mestre desta arte. Em agosto de 2001, após 23 anos de treinamento, Abadá-capoeira o reconheceu como Mestre.
No mesmo ano Mestre Nagô abriu sua própria academia, em sua vizinhança - Nova Iguaçu, no Rio de Janeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário